Domingo, 25 de Janeiro de 2009


Por mais que procuremos, por mais que nos castiguemos a nós próprios pensando que não somos merecedores desse tipo de Amor, e nos entreguemos a relacionamentos que nada terão para nos dar de positivo. O Amor verdadeiro quando tiver que surgir, ele surgirá(já surgiu). Por vezes onde menos se espera encontra-lo é de onde ele ira aparecer, e muitas dessas vezes quando já havíamos perdido a esperança da felicidade plena, quando já havíamos desistido de lutar, ali surge ele, iluminando o nosso coração e fazendo-nos sentir renascer para a vida.
De inicio podemos não acreditar e sentirmo-nos atónitos face a essa possibilidade, depois, à medida que vamos sendo confrontados, começamos a pensar se não estaremos a iludir-nos, se será mesmo verdade. Até que certo dia, ao olharmos para aquele ser humano, sentimos a certeza brotar de dentro de nosso coração. A partir do momento em que a certeza se instala, não mais poderemos negar essa realidade, que nos foi colocada no caminho. Não quando o queríamos ou mais desejávamos, não quando mais sentíamos necessitar, mas, sim quando tinha que ser.
Duas Almas-Gémeas poderão estar separadas por uma longa distância, sem nunca se terem encontrado, mas seus corações sentir-se-ão mutuamente, uma vez que é exercido sobre ambos um efeito íman, que se fará vibrar e sentir actuando para que se reencontrem no momento oportuno. Seus corações sentirão um vazio, mesmo que no momento possam estar a viver algum tipo de relacionamento efectivo. Esse vazio é pressentido acompanhado da sensação da ausência física do outro. É um apelo muito intenso que se faz ressoar tão fortemente quanto intensamente. Sentimos que nos falta algo, sem que consigamos determinar propriamente o quê.
Quando ambos estão prontos a viver um relacionamento completo, e ao mesmo nível de consciência viverão uma experiência da qual poucos serão os que poderão congratular-se(como a que estamos a viver). Tendo a seu cargo a grande responsabilidade de elevar a vibração energética do Amor na terra, o que acontece de cada vez que duas Almas-Gémeas se unem no plano terrestre, evidenciado todo o seu Amor uma pela outra.
O Amor de Alma-Gémea sustem-se num sentimento de amizade muito vinculado. É um amor que não cobra, não aprisiona e nem vive sobre condicionamentos de espécie alguma. Difícil será tentar imaginar como será uma troca de carinho… um toque físico… mesmo o mais ligeiro toque de pele poderá fazer despontar uma avalanche de sentimentos e emoções de uma forma nunca antes sentida.

As Almas-Gémeas complementam-se em todos os aspectos, despertando todos os sentidos, todas as emoções, todos os sentimentos e todas as sensações e prazeres nunca sonhados, numa união completa de corpo, mente e espírito ( Sol / Lua), um não subsiste sem o outro .


O amor subsiste em outros planos e em outras vidas.
É eterno!

 

 

 

 

 



publicado por egasmoniz às 22:37
mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes
pesquisar neste blog
 
contador
blogs SAPO