Quinta-feira, 12 de Março de 2009

De olhar fixo no pensamento, viajei ao imaginário,

Perdi-me no tempo, nas memórias…

Percorri e atravessei a trilha que conduz as almas

Ouvi sons de passos que não dei…

Despertei com o estalar do fogo, fogo que só tu sabes atear!

O calor que me invadiu o corpo, envolveu-me e unificou-me…

Aumentou em mim uma chama difícil de conter ou dominar

Sinti nascer em mim a sede insaciável

 

A sede que só os teus lábios podiam saciar…

Desejos secretos não acessíveis a todos os olhares

Envolvida por águas revoltas e macias

Reconheço-te a ti e à ternura das tuas emoções

Embalado por esta sensação que me pentrava,


Sinti-me abraçado pelo som libertado por uma pintura com vida

Ouvi os ecos da passagem…

Murmúrios audíveis de um grito inquieto

Passível de inflamar as almas (as nossas!)


De resgatar o amor eterno

E então sinte-te em mim e fundimos nossos corpos e emoções,

 

Formando um turbilhão de energias a que todos chamam de BIG-Bang!

 

Nós somos o inicio e o fim,

 

Somos o alfa e o omega do universo...

 

Nós somos perfeitos um para o outro!


tags: ,

publicado por egasmoniz às 17:46
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13

19

27



pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO