Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Pára de te preocupares com isso para mim, és a portuguesa perfeita, gosto de ti como és!

 

 

 

Mulher gorda,

Ai a mim não me convém,

Eu não quero andar na rua,

Com as banhas de ninguém.



E mulher magra,

Ai a mim não me convém,

Eu não quero andar na rua,

Com o esqueleto de ninguém.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



Mulher alta,

Ai a mim não me convém,

Eu não quero andar na rua,

Com o escadote de ninguém.



Mulher baixa,

Ai a mim não me convém,

Eu não quero andar na rua,

Com a muleta de ninguém.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



INSTRUMENTAL



Mulher casada,

Ai a mim não me convém,

Eu não quero andar na rua,

Com as esposas de ninguém.



Mulher vaidosa,

Ai a mim não me convém,

Eu não quero andar na rua,

Com as peneiras de ninguém.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



Mulher jeitosa,

Ai a mim já me convém,

Ai eu quero andar na rua,

Com as curvas que ela tem.



Mulher Portuguesa,

Ai a mim já me convém,

Ai eu quero andar na rua,

Com a beleza que ela tem.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



Ai, Ai, Ai, Ai,

Eu gosto dessa mulher,

Quero tê-la ao pé de mim,

Beijá-la quando quiser.



publicado por egasmoniz às 00:02
mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog
 
blogs SAPO