Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2008

 

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.
 
Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.
 
Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é Cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.
 
Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.
 
                 António Gedeão


publicado por egasmoniz às 17:38

 

 

 

Contemplo o lago mudo
Que uma brisa estremece.
Não sei se penso em tudo
Ou se tudo me esquece.
O lago nada me diz,
Não sinto a brisa mexê-lo
Não sei se sou feliz
Nem se desejo sê-lo.
Trémulos vincos risonhos
Na água adormecida.
Porque fiz eu dos sonhos
A minha única vida?"
(Fernando Pessoa)


publicado por egasmoniz às 17:27

 

Levanta o teu rosto para o sol,
 
E segue a tua estrela!
 
Vai buscar os teus sonhos,
 
Além do arco-íris,
 
Por mais impossíveis que pareçam.
 
Embala no teu peito as maiores esperanças
 
E ouve sempre o teu coração
 
Acredita sempre…
 
Segue o teu caminho
 
Pois o amanhã nasce do que tu sonhas hoje!
 
 


publicado por egasmoniz às 17:14

 

 

"As coias na nossa vida não são dificeis, nós é que as tornamos dificeis..." Talvez haja um pouco de verdade nesta citação,  mas é dificil controlarmos os nossos medos e angústias...

 

 



publicado por egasmoniz às 17:02

 



publicado por egasmoniz às 16:57

 

Se o mundo fosse assim tão simples...



publicado por egasmoniz às 16:47

 

inspirei-me no filme de ontem (código da vinci) e fiz tb um anagrama.

Reconheço que é quase impossivel resolve-lo, mas tb não está a ser fácil para mim perceber o que realmente sinto. è um misto de sentimentos, de dúvidas de certezas, de emoções...

 

recombinando as letras nestas palavras: "poetã inquieto ri sonso"  = "não sei o que sinto por ti"!

 


tags:
sinto-me:

publicado por egasmoniz às 16:38

"Quem sabe o tempo nos faça percorrer caminhos diferentes, mas o destino fará com que nos encontremos no mesmo lugar."

 

 

Quando falámos nisto usei quase tudo ao meu alcance para te mostrar que nem sempre os destinos se podem encontrar num único ponto, mas em vez disso podem andar de mão dadas.

 

Usei o famoso anagrama ROMA, que mais não queria dizer do que AMOR.

 

Neste dia dei-te a entender que não tenho mais coragem para ouvir um novo NÃO e por isso não avanço eu...

 

mas para me deixares louco, neste dia disseste-me também tu que estás "in love"...Mas por quem? o meu coração quer tanto pensar que sou eu, mas a minha razão não o permite...

 

Torturas-me, e reanimas-me para me torturar de novo...

 


sinto-me:

publicado por egasmoniz às 13:20
mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24

29


pesquisar neste blog
 
contador
subscrever feeds
blogs SAPO