Segunda-feira, 05 de Janeiro de 2009

Não há beijo como o primeiro. Podem haver melhores, podem haver piores, mas jamais um beijo será como o primeiro.

O primeiro beijo é um turbilhão maior de emoções que acaba com a certeza que o amor prevalecerá. Não pode ser melhorado ou imitado, jamais deixará de ser uma lembrança presente e viva.

Todos os sons daquele minuto de silêncio que precede o primeiro beijo vão gritar na memória por muitos anos, quem sabe para sempre. Os olhares fixos nos audases, ou os olhares timidos desviados, gritam e contam no mais profundo silêncio o que nem milhares de palavras revelam.

Não há beijo como o primeiro porque ele é único. Todos os outros podem ser comparados, imitados, repetidos. Mas não o primeiro. Porque no primeiro beijo tudo começa. O primeiro beijo é o prefácio de uma paxião à muito esperada. É o telescópio pelo qual se enxerga o futuro.Como o primeiro beijo não há outro. Porque é nele que se descobre que a vida sempre se renova!

 

O nosso primeiro beijo ficar-me à na memória! Amo-te muito!


tags:

publicado por egasmoniz às 01:19
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO